Turista


Bem-Vindo: Informações sobre a cultura, história, gastronomia e turismo na cidade de Belo Horizonte.

A História de Belo Horizonte começa em 1701 com a fundação do Arraial Curral del Rei. Depois, quando tornou-se capital de Minas Gerais, passou a ser chamada Cidade de Minas, em 1897. Foi nomeada Belo Horizonte somente em 1901. E, em mais de um século de história, a cidade é hoje uma das principais cidades do país.

Em 1893, a cidade foi escolhida para ser a capital do Estado de Minas Gerais no século XIX, depois da constatação de que Ouro Preto, antiga capital, não possuía estrutura para expansão urbana. Por essas razões, Belo Horizonte foi totalmente planejada.

Em 1894, foi iniciada a construção de Belo Horizonte, com ênfase moderna nos seus aspectos construtivos. O planejamento urbano ficou a cargo do chefe da Comissão de Construção da Nova Capital Aarão Reis.

O tempo passou, as esferas administrativas se consolidaram e a cidade passou a enfrentar problemas, comuns de qualquer cidade, marcados pela ausência de estruturas, de lazer, ou na saúde, educação e transporte público. Esses efeitos ocorreram principalmente nas décadas de 30 e 40 do século XX.

A década de 40 do século XX foi marcada pelo avanço da industrialização. Nessa época foi inaugurado o Complexo Arquitetônico da Pampulha (composto pela Igreja de São Francisco de Assis, o Iate Tênis Clube, a Casa do Baile e o Cassino, hoje Museu de Arte da Pampulha, circundando a Lagoa da Pampulha), encomendado pelo prefeito em exercício Juscelino Kubitschek, com projeto assinado por Oscar Niemeyer.

Nos anos 60, a capital passou por um processo acelerado de crescimento urbano que avançou sobre suas ruas, quando foram demolidas casas e áreas verdes. Os anos 70 foram marcados pela verticalização da cidade, que comprometeu boa parte das suas características originais e do seu patrimônio arquitetônico. Nessa época, contava com algo em torno de um milhão de habitantes.

A partir do início da década de 90, Belo Horizonte é marcada por programas e projetos de melhorias urbanas e sociais, com a efetiva participação popular, fazendo Belo Horizonte chegar ao século XXI com quase 2,4 milhões de habitantes distribuídos em seus 331 km².

Apesar de sua área estar quase que completamente urbanizada, a cidade possui vários parques urbanos e áreas verdes que abrigam mananciais e várias espécies de vegetais e animais. Também são uma nativa para a prática de atividades recreativas e culturais e isso atrai milhares de turistas a Belo Horizonte todos os meses.

Centros de Atendimento ao Turista (CATs)

São espaços direcionados para esclarecimento de informações sobre a cidade aos turistas. No local, é possível adquirir mapas. Em todas as unidades, há atendimento bilíngue.

Confira onde encontrar um CAT:

CAT Mercado Central

Localização: Avenida Augusto de Lima, 744 – Belo Horizonte, MG 30190-922
Telefone: 31 3277-4691

CAT Mercado das Flores

Localização: Avenida Afonso Pena, 1055 – Belo Horizonte, MG 30130-000
Telefone: 31 3277-7666

CAT Rodoviária

Localização: Praça Rio Branco, 100 – Belo Horizonte, MG 30111-050
Telefone: 31 3277-6907